Mais uma

Já se anuncia mais sofrimento para os que vivem do trabalho - próprio. A (anti)reforma administrativa apenará, mais uma vez, o elo mais fraco da corrente: os trabalhadores do serviço público. Terceirização, trabalho intermitente, perda de direitos duramente conquistados - enfim, a precarização tem na perda da estabilidade funcional a cereja do bolo. Embora prevista há muito tempo, a avaliação do servidor pós período probatório jamais foi cumprida. Por desinteresse (ou interesse demasiado?) dos chefes ou pelo apadrinhamento político dos admitidos por concurso. Tanto faz, quando a mentira é prática oficial do governo. Qualquer governo.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Repondo a verdade

A necessidade de uma reforma administrativa parece-me indiscutível, mas por motivos e com finalidades absolutamente contrários aos que vêm propalando governo, congressistas e patrões. Com o coro engro

O Rubicão de cada um

Difíceis, muito difíceis – e tenebrosos, os dias que temos vivido. Digo da morte imposta a toda uma população, aqui como em outros lugares do Mundo. A rejeição da Ciência, a agressão aos direitos fund

Fora!