Mais uma

A indústria da ZFM entrou em parafuso. Mais de cinquenta anos de criada, é incontável o número de "crises" enfrentadas pelos negócios locais. Esquecem-se quase todos de que as maiores ameaças residem entre nós: os baixos salários, a espada de Dâmocles do desemprego pairando sobre os trabalhadores, a transferência maciça dos resultados para outras regiões. Nada disso é posto em xeque. Ironia das ironias, porém: é uma ONG (não é outra a categoria em que se inscrevem as associações), destacada dentre as que são furiosamente condenadas pelo governo, a porta-voz da "ameaça" mais recente. Gravem esta sigla (AFEBRAS). Ainda ouviremos e leremos muito sobre ela. Não faltarão memoriais, apelos, cenhos cerrados, acusações, ofensas pessoais ... Quem viver, verá.

(Se quiserem, neste mesmo blog - aba CAMAROTE, lerão algo mais sobre o assunto).

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Sem mato e sem cachorro

Cassar sempre será mais fácil que caçar. Nesta, precisa-se ter cachorro (à falta dele, gato serve). Na outra, o verbo substitui com vantagem o substantivo: matar é diferente de manter a mata. O cão ne

Triste destino

Se não podes contra o poderoso alia-te a ele. Esse o roteiro seguido pelo ex-senhor da Lava Jato, desmoronado muito antes do que imaginaria a mais criativa mente. Não dando certo a fundação urdida com

Pandemia e endemia

Faz poucos dias, adverti para os resultados então incertos do segundo turno. Considerava àquela altura sem fundamento o triunfalismo de qualquer das forças em disputa. Também buscava conter a tendênci

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.