Mais um

Morreu mais um líder indígena. Desta vez, os fazendeiros mataram um membro da comunidade guajajara, do Maranhão. As práticas de extermínio prosseguem a todo pano. Paulo Paulino integrava o grupo "Guardiões da floresta" , criado em 2012, quando se agravaram as invasões das terras indígenas no Maranhão. Outro indígena foi baleado, quando acompanhava Paulo Paulino, em área da Terra Indígena Arariboia. Segundo informações de outros membros da comunidade, desde janeiro deste ano intensificaram-se as ameaças contra os guajajaras. O grupo de que o morto fazia parte foi emboscado por empregados de fazendeiros.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quadradismo

A Terra é redonda, embora Osmar seja quadradíssimo. Pelo menos, no pensamento(?) e na conduta. Seus seguidores e companheiros de ideais, de que Paulo Zanotto é talvez o exemplo emblemático, devem ador

Motociata e negócio

Passeio de motocicletas com placas encobertas podem ser mais que motociatas. A mais recente, porque considerá-la a última é tolice, custou R$ 1,2 milhão aos contribuintes. O nome da aglomeração motori

Frases 129

A mentalidade anarquista do Presidente age para destruir e desmoralizar as instituições. Dita pelo General Luís Carlos Santos Cruz, ex-Secretário de Governo da Presidência da República. Integrante do