Mais que exclusão

Em uma de suas mais recentes orações, o Papa Francisco usou várias vezes a palavra despojados, para identificar os que antes chamamos de excluídos. O Chefe da Igreja tem razão: excluído corresponde apenas a parte do tratamento dado aos pobres, pois a outra palavra corresponde roubado, saqueado, defraudado. A percepção de Jorge Bergoglio é melhor que a da maioria de seus contemporâneos. E de outros que se dizem fiéis.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comício em CPI

A cara de pau é tamanha, que até um orador de comício eleitoral critica a politização da CPI da covid-19, ao mesmo tempo em que discursa como se estivesse em campanha. Com mandato outorgado pelos elei

Segurança alimentar

Há quantos dias o amigo leitor não sente o gosto da carne? Qual será o alimento posto no prato dos que, fora dos 116,8 milhões de brasileiros, ainda têm pratos – e o que pôr neles? Quem sabe, mais uma

Hoje, amanhã...sempre*

Das mães não deveria ser apenas este dia domingo que sucede sábado nada diferente a não ser daquele - uma e quantas mais vezes - saudado pelo poetinha então não havia vírus embora as balas já fizessem