Mais prêmio

Inegáveis as dificuldades enfrentadas pelas empresas, aqui e no exterior. O risco, dizem os que entendem de Economia, é próprio do capitalismo. Assim como o lucro, as águas, porém, parecem só correr para esses rios. Palavra um dia malsinada, moratória é o que a FIESP pede, para as dívidas acumuladas pelas empresas. Por 90 dias, o suficiente para gerar lucros que, como se sabe, no Brasil viajam a alturas interplanetárias. Redução de tarifas de energia et al também é reivindicada. Que se danem os cofres públicos. Enquanto houver servidor para demitir e ter os vencimentos reduzidos, dane-se o resto!

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Amazonas presente

Dois senadores amazonenses integram a CPI da Covid-19. Se os representantes se portarem como o exige o sofrimento do povo do Amazonas, a cobrança de ambos - Eduardo Braga e Omar Aziz - não deixará por

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.