Mais mentira

Deu-se para falar, nos últimos dias, em reforma administrativa. Para não fugir à regra, as razões apontadas não são mais que pretextos. Pior: fundadas em absolutas mentiras. Uma delas, a generalização de uma situação que atinge certos segmentos privilegiados do serviço público, a que o governo FHC deu o nome de funções de Estado. O grosso do funcionalismo ganha salários ridículos, a começar do próprio Presidente da República. Tirem-se os cartões corporativos e os penduricalhos, raríssimos os servidores, civis e militares, pagos com justiça. Como o moderno é fake...

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Frente Cabana

Integrada por sindicatos, movimentos populares e associações representativas de diversos segmentos sociais, a FRENTE CABANA pretende organizar-se para enfrentar as dificuldades presentes e as que são

Sabedoria

Decidiu com sabedoria e sensibilidade social o Juiz Federal Ricardo Salles, ao suspender a aplicação do ENEM, em Manaus. Ao mesmo tempo, a recusa da Prefeitura quanto à cessão de salas para acomodar o

Bom apetite!

Antes, dizia-se dos partidos políticos que juntos compunham verdadeira sopa de letrinhas. Não eram ingredientes tão numerosos quanto hoje, mas serviam aos apetites dos interessados. A multiplicação de

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.