Más lembranças

Há palavras capazes de suscitar nos que as ouvem sentimentos nem sempre agradáveis. Uma destas é LEGADO. Dele, dizia-se, seriam beneficiados todos os amazonenses, quando passasse a Copa do Mundo de 2016. A chamada Arena da Amazônia, por seu nome tristemente memorizada no partido que sustentou a ditadura, hoje é palco de feiras e festas, raramente à festa que o futebol pode oferecer. A que custo é algo a investigar. Já começam a ser anunciadas como LEGADO as mini-usinas de oxigênio resultantes da desídia dos que administram a saúde, no Estado e Brasil adentro. Do preço desse LEGADO, muitíssimo maior que o do outro porque medido em vidas perdidas, não se fala. Para conforto dos vivos, não dos que foram mandados às sepulturas.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Nova colaboradora

Nicole Bomfim Seráfico de Assis Carvalho é uma jovem estudante, apreciadora da natureza e das imagens que ela oferece. Por isso, decidiu oferecer oi registro fotográfico do que seus olhos veem. Dela é

Silêncio incômodo

Não é que se deva conceder às Forças Armadas a guarda da Constituição. Para os que prezam a democracia, basta que os servidores públicos fardados se submetam aos mandamentos da Lei Maior. Nada além d

Acorda, Gutemberg!

Leitores, professores, indústria gráfica, editores, ilustradores e outras pessoas dotadas de inteligência sentem-se ameaçados. Os livros ficarão mais caros, caso sujeitos à tributação pretendida pelo

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.