Liberticida ou altericida?

Mesmo a liberdade, se não encontra limites, pode ser prejudicial. Há os que não entendam assim, embora a sociedade fosse inviável, se prevalecessem somente os interesses individuais. Não é o que pensa o jornalista Hélio Schwartsman. O artigo por ele publicado hoje, na Folha de São Paulo, poderia ter uma só frase - quem quiser, que se suicide, indo para a rua. Para ele, portanto, importa pouco ou nada que alguns não desejem morrer. Os vitimados pela aglomeração de pessoas às portas dos bancos, por exemplo.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Justiça e veracidade

Foi preciso o Presidente Jair Bolsonaro decretar o fim da corrupção, para o conhecido personagem Justo Veríssimo, de Chico Anísio ser lembrado com maior frequência. Outro Chico, Rodrigues e vice-líder

Os barões da pandemia

A cueca do senador Chico Rodrigues (DEM-RR) desviou a atenção de todos, ocultando problemas graves de que o esconderijo do dinheiro do parlamentar é apenas um exemplo. A aproximação de supostos moral

Pra quê humoristas?

Pra que humoristas? A realidade política brasileira, de tão surreal, dispensa criadores de piadas. Diariamente, chegam prontas as anedotas que aliviam os sacrifícios impostos (1) à população. Como di

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.