top of page

Lei e ordem judicial se cumprem

Vantagem das democracias, o funcionamento dos Poderes "autônomos e harmônicos" deve ser preservado. Isso é que faz todos "iguais perante a Lei". Assim, quem a faz - o Legislativo - e quem a interpreta - o Judiciário -, além de quem a aplica - o Executivo - têm respeitados seu espaço e suas respectivas prerrogativas. Isto posto, não há como ficar tranquilo e inerme, face à ameaça por que passa a população do Município de Tapauá, na calha do rio Purus. A violência e a degradação, em todos sentidos, que a atividade mineradora leva àquela região pode ser o aviso do risco que correm os ribeirinhos de todo o vale amazônico. Ou as autoridades estaduais agem com rigor, ou o genocídio praticado contra os povos originais se estenderá. Sem deixar passar em branco os crimes já cometidos.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vacina necessária

Logo os negacionistas protestarão. O que lhes pode interessar, diante do anúncio da celebração de um acordo entre laboratórios, para a criação de uma vacina anti-mal de Alzheimer? Só quem nada sabe so

Convívio versus hostilidade

Está lá, na página 41 da edição da última quarta-feira, no Estadão. O artigo em que o festejado antropólogo Roberto da Matta coloca interessante e oportuno dilema. Entre os que convivem em paz e integ

Símbolos

Vera Rosa, colunista do Estado de São Paulo, considera as enchentes do Guaíba a covid de Lula. Não destaca a diferença de conduta do triPresidente, em relação ao seu antecessor. Mas elege três símbolo

Comentarios


bottom of page