Invisibilidade do mal



Ser invisível a separar

pais de filhos

marido de mulher

irmãos de irmãos

amigos e tantos

quantos fingimos próximos

e semelhantes

junta-os todos

na angústia e no

medo

de um amanhã

que não se sabe

tira o sabor

da vida

(quando não ela mesma)

de tudo o mais

quanto o prazer que lhe dá o

ser vivida

desnuda contudo

sentimentos sopitados

anseios e apetites

deslavados ...

acompanha-os certa fúria

genocida.


Manaus, 17 de agosto de 2020.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mitologia

Presos no labirinto pelos dedos de Dédalo negado encontramos Mefistófeles que o fizesse Teseu fez-se ausente todavia todo o tempo impossível tessitura não fosse a linha da vida Ariadne a tecelã entret

À brasileira, holocausto

Nossos olhos nem precisam ser azuis tez amorenada cara de índio caboclos é o que todos somos composição cromática ameríndios gestados nos trópicos empenhados em replicar sob o equador costumes hábitos

Aos amigos... e também aos outros

Chamem-me, por favor de esquerdopata! não titubeiem, ao chamar-me com presumível generosidade de esquerdista pelo menos desta vez estarão aproximando-se uma vez que seja da verdade. Usem os adjetivos