Indireta


Recentemente, o Ministro do STF Gilmar Mendes visitou o General Pujol, Comandante do Exército. Dias antes, o militar assinara nota em apoio a uma das costumeiras ofensas do Presidente da República aos poderes constituídos. O pretexto do polêmico (para dizer o menos) magistrado para encontrar-se com Pujol teria sido a entrega de um livro de Direito Constitucional de sua autoria. Pelo que os media e redes atrelados ao Planalto e às suas ordens divulgaram, o General teria passado um pito em Gilmar. Talvez o Comandante tenha visto a oferta como indireta. Não se sabe se o Ministro do STF saiu do encontro com um exemplar do Regulamento Disciplinar do Exército, RDE.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mais um capítulo amazônico

Durante a sessão de abertura do Encontro anual do Ano Acadêmico Paulo Freire, pelo Núcleo de Estudos de Administração e Pensamento Social - ABRAS/UFF, será instalado o Capítulo Amazônia, integrado por

Hora do pega pra...

Por mais que o Presidente e o Relator da CPI da covid-19 desejem e mesmo tentem, difícil será manter a tranquilidade, quando sabemos que a marca de 500 mil cadáveres se aproxima. Nem todos têm consciê

Pensamento não morre

Há vinte e quatro anos, em outro 02 de maio, deixava-nos Paulo Freire. Doze anos depois, foi embora Augusto Boal. O pensamento e a ação de ambos, dignificantes e justificativas da nem sempre provada s