top of page

Humanista

Tetsuo Iamane era biólogo e foi dos cientistas que tentaram fazer do Centro de Biotecnogia da Amazônia - CBA, uma instituição respeitada. Além da enorme contribuição dada àquele Centro, ele revelou a dose de humanismo de que era portador. Numa frase simples e impactante: A CIÊNCIA E A ARTE BUSCAM A MESMA COISA - A BELEZA! Ele a disse ao saudar jovens cientistas empossados na Academia Brasileira de Ciências. Dita por um profissional das Ciências Sociais o impacto seria menor. Por um homem das Ciências Naturais, revela a grandeza de quem o disse. E o grau de humanidade que leva consigo. Iamane morreu ontem, aos 95 anos. A Humanidade fica mais pobre!

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não fazem falta

Há indivíduos que, ausentes, fazem enorme favor aos outros. Cafu e Ronaldinho Gaúcho organizam um jogo entre veteranos, cuja renda se destinará às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Enquanto

O medo da urna

A credibilidade do governador Eduardo Leite afundou de vez nas águas do Guaíba e outros rios. Quando todas as cidades atingidas pelas enchentes baixarem, restará na lama o prestígio do governante. Alé

Provas provadas

A Revista de Saúde Pública, do Instituto Sérgio Arouca, tirou as dúvidas. Nós municípios em que o ex-capitão excluído das forças armadas e tornado inelegível venceu as eleições de 2022, o índice de mo

Comments


bottom of page