Haja gás!


A disputa pela exploração do gás, ao mesmo tempo em que esconde os interesses subjacentes de grupos locais ou não, faz lembrar episódio semelhante relacionado ao petróleo da província do Urucu. Neste caso, houve aventureiro galardoado com título honorífico e paparicado como de costume, para depois dar – como se dizia – “no pé”. O dólar que sairia de cada barril extraído não passou de história da Carochinha. O destino do geólogo Márcio Melo parece o mesmo de Queiroz. Nas nuvens...virtuais, quem sabe? Sem devolver o título que exigiu para "doar" dólares ao Amazonas.

0 visualização

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.