Futuro sem futurologia

Quem se dá o trabalho de pensar e imaginar, e quem aprecia aprender com os que pensam, dica importantíssima: doze dos mais atualizados filósofos, sociólogos, jornalistas e outros pensadores vêm tratando do futuro do Mundo. Resenha dos seus pensamentos publicados (em livros, artigos, ensaios e entrevistas) está na edição de hoje da Folha de São Paulo. O time é maior que o de uma equipe de futebol. São eles: Giorgio Azamben, Roberto Esposito, italianos; Jean-Luc Nancy, Alain Badiou, Bruno Latour, franceses; Judith Butler, David Harvey, Noam Chomsky, norte-americanos; Naomi Klein, canadense; Peter Singer (australiano) e Paola Cavalieri (italiana); Han Buyung-chul, sul coreano; Frank Furedi, húngaro; Theodore Dalrymple, britânico; Paull Preciado, espanhol ; Slavoj Zizek, esloveno.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Repondo a verdade

A necessidade de uma reforma administrativa parece-me indiscutível, mas por motivos e com finalidades absolutamente contrários aos que vêm propalando governo, congressistas e patrões. Com o coro engro

O Rubicão de cada um

Difíceis, muito difíceis – e tenebrosos, os dias que temos vivido. Digo da morte imposta a toda uma população, aqui como em outros lugares do Mundo. A rejeição da Ciência, a agressão aos direitos fund

Fora!