Eureka!

Coube à psicóloga Márcia Tiburi dar nome (quase dizia aos bois, mas temi ofender essa espécie) ao ser que ocupa o principal gabinete do Palácio do Planalto. Que ninguém ainda tivesse encontrado em dicionário algum termo justo e adequado, é compreensível, menos porém que a descoberta vir de quem conhece os bípedes tidos por humanos, por dentro. As lições de Freud, portanto, não foram vãs. Nem a peça escrita por Alfred Jerry e outros jovens de um liceu francês, em 1888, e representada em 1896 em Paris. Jerry tinha apenas 15 anos, quando escreveu a Ubu-rei, considerada hoje ilustrativo exemplar do chamado teatro do absurdo. O texto de Márcia está no Diário de Bordo/ESPAÇO ABERTO, desde ontem.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Amazônia sendo devastada, o Presidente vendendo gato por lebre no exterior e o vice-Presidente, investido das funções de xerife da Amazônia, só agora soube da devastação. Do círculo de ferro das fak

Segue em marcha batida o processo que tentará impedir a participação do Presidente e excluir o até agora imbatível ex-Presidente Lula das eleições de 2022. Os media já noticiam o interesse do centrão

Sinto envelhecer, quando: o casamento, no passado formador de famílias, passou a ser um organizador de quadrilhas; o desvio de dinheiro púbico era chamado desfalque, não comissionamento; o patriota e