Eureka!

Coube à psicóloga Márcia Tiburi dar nome (quase dizia aos bois, mas temi ofender essa espécie) ao ser que ocupa o principal gabinete do Palácio do Planalto. Que ninguém ainda tivesse encontrado em dicionário algum termo justo e adequado, é compreensível, menos porém que a descoberta vir de quem conhece os bípedes tidos por humanos, por dentro. As lições de Freud, portanto, não foram vãs. Nem a peça escrita por Alfred Jerry e outros jovens de um liceu francês, em 1888, e representada em 1896 em Paris. Jerry tinha apenas 15 anos, quando escreveu a Ubu-rei, considerada hoje ilustrativo exemplar do chamado teatro do absurdo. O texto de Márcia está no Diário de Bordo/ESPAÇO ABERTO, desde ontem.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Nova colaboradora

Nicole Bomfim Seráfico de Assis Carvalho é uma jovem estudante, apreciadora da natureza e das imagens que ela oferece. Por isso, decidiu oferecer oi registro fotográfico do que seus olhos veem. Dela é

Silêncio incômodo

Não é que se deva conceder às Forças Armadas a guarda da Constituição. Para os que prezam a democracia, basta que os servidores públicos fardados se submetam aos mandamentos da Lei Maior. Nada além d

Acorda, Gutemberg!

Leitores, professores, indústria gráfica, editores, ilustradores e outras pessoas dotadas de inteligência sentem-se ameaçados. Os livros ficarão mais caros, caso sujeitos à tributação pretendida pelo

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.