Entre a moto-serra e o trator


A representação amazonense no Congresso começa a inventar pretextos, sempre, claro, “na defesa dos interesses do Estado e das populações do interior”. Entre a devastação florestal e o uso adequado das riquezas naturais de que somos muito bem dotados, tergiversa. Sempre, também, com cifrões na cabeça e eleições no coração. Só agora os ingênuos por conveniência percebem os riscos (sempre eleitorais, na sua visão) de embarcar em canoas furadas. Adiam sempre a hora de pular fora do barco. Roedores, seguem a lição fabular.

0 visualização

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.