E os outros?

Na televisão, rápida aparição do Presidente Jair Bolsonaro mostrou-o indignado com o auxiliar direto de Ônix Lorenzoni, que viajou a Davos e a Nova Delhi, em avião da FAB. O ato, segundo o Presidente, foi imoral. Todos aplaudiram a decisão de Bolsonaro, que não esperou Lorenzoni voltar das férias. Preferiu ele mesmo, Presidente, destituir o viajante. Todos fazem votos de que tal indignação seja aplicada nos casos, pelo menos, do homem das comunicações e do turismo. Desses, por enquanto.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mestra da vida

Ver os acontecimentos quando eles estão ocorrendo é bom. Mas não dispensa conhecermos os fatos que não vimos quando ocorriam. Quem quiser saber mais sobre a participação dos militares em nossa vida po

Nossas reservas

É comum a ignorância e a insensatez ocuparem todos os espaços, quando o ambiente é escurecido, seja lá pelo que for. Isso gera a impossibilidade até de se encontrar o caminho por onde seguirão nossos

American nightmare

O mundo sente alívio, no day after ao do encerramento do mandato de Donald Trump. Se aos habitantes dos Estados Unidos América do Norte é proporcionada a oportunidade de reacender as esperanças, para

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.