Duplamente cidadão

Das mais justas a homenagem que a Câmara Municipal de Manaus prestará ao poeta e livreiro Dorival Querino Carvalho, o Dori Carvalho que toda a cidade conhece. Torna-lo, de papel passado, cidadão de Manaus é o mínimo que pode reconhecer e atestar sua completa integração à sociedade local e aos compromissos do poeta com ela e seu povo. Lembrar a Livraria Mayra é inevitável, porque ali foi dado o passo em frente, quando Manaus não tinha mais que bazares onde se vendiam livros, também. Faz pouco, Dori foi feito cidadão amazonense, pela Assembleia Legislativa.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O poeta e ator DÓRI CARVALHO ocupará desde manhã cedo do DIA 22 (domingo) o ESPAÇO ABERTO desta nau. Seu texto Uma doença estranha traz à atenção dos visitantes/leitores um mal ainda por ter todos os

Foi preciso viver oitenta anos, para ouvir de alguém a defesa firme dos meios, relativamente aos fins. Não que se possa esperar diferente, quando quem o disse rende homenagem à tortura e considera