Dupla perversidade


Em seu comentário desta segunda-feira, na Rádio BandNews, o sociólogo Marcelo Seráfico (UFAM) fez referência e condenou o que ele chamou de dupla perversidade – o desrespeito à vida humana e a produção de condições que a impedem de ser mantida e desfrutada. Marcelo referiu-se ao que chamou genocídio, a afetar a população indígena do Amazonas. Nas comunidades indígenas, como têm dito os especialistas, a covid-16 pode levar a verdadeiro genocídio.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Policialesco

Quem ainda tenha dúvida sobre a transformação do Estado democrático de Direito em um Estado policial, leia com atenção noticiário sobre as irregularidades atribuídas ao ex-reitor da UFSC, professor Lu

Justa reverência

Denominar o prédio em que se instalou a Faculdade de Artes da UFAM de Maestro Nivaldo Santiago era o mínimo que o velho professor merecia. Fez-se justiça a ele, cujos serviços profissionais engrandece

Zona Franca posta em questão

Promovida pelo grupo de pesquisas Ilhargas, do Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais da UFAM, uma discussão sobre a zona franca de Manaus será realizada hoje. Reunindo interessados no tem