Duas perdas

Esta semana registra duas perdas que é justo lamentar. Da primeira, do cineasta José Mojica Marins, deu conta toda a grande imprensa. Afinal, ele foi o mestre do cinema brasileiro de terror. Da outra, dou-o eu mesmo. Emerson Pires de Souza, primeiro meu aluno, depois meu colega no magistério da Universidade Federal do Amazonas, foi sepultado nesta sexta, dois dias após morrer na capital cearense. A presença de grande número de professores e servidores da UFAM no velório apenas fez jus ao espírito colaborativo e fraterno que marcou as relações do Émerson com seus colegas e amigos.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

É, no mínimo, desconfortável a situação do deputado Marcelo Ramos. Não faz muito tempo, ele era tido como um dos mais promissores políticos do Amazonas. Ganhou destaque como membro do PC do B, antes

O editor deste blog suspenderá a postagem de poemas de sua autoria em PanPoética Demia, que chegam ao número 100. Assim como pode haver poesia onde menos se suspeita que ela esteja, haverá férias no e