Dois Titos

Tito Figueiroa de Medeiros era seu nome; 79 anos, a sua idade. Pertencia à Congregação dos Frades Carmelitas, e morreu ontem no Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife. Isolado ali, foi abatido por um ataque cardíaco. Outro frei, Caneca, foi objeto de seu livro mais conhecido, Frei caneca: vida e escritos". Outro frei homônimo (Tito de Alencar Lima) foi um dos mais notáveis perseguidos pela ditadura de 1964/1985. O agora morto era antropólogo, escritor e professor da UFPE. O outro morreu em 1974, afetado por doenças adquiridas no período em que foi preso e torturado.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

É, no mínimo, desconfortável a situação do deputado Marcelo Ramos. Não faz muito tempo, ele era tido como um dos mais promissores políticos do Amazonas. Ganhou destaque como membro do PC do B, antes

O editor deste blog suspenderá a postagem de poemas de sua autoria em PanPoética Demia, que chegam ao número 100. Assim como pode haver poesia onde menos se suspeita que ela esteja, haverá férias no e