Docilidade


Justiça se faça: somos um povo cordial. Mais que isso, dócil. Seguimos o patrão como os ratos seguiram o flautista de Hamelin. O resultado será o mesmo. Alinhamo-nos à decisão de Donald Trump, e ficamos de fora do recebimento de vacinas contra a covid-19, ora em desenvolvimento na Europa. Nossa cordialidade é seletiva. Só isso.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo