Distância que aproxima

Perdi, semana passada, um primo que os pais fizeram meu afilhado. Isso fortaleceu meus laços familiares e afetivos com Orlando e Edith, ele irmão da minha mãe. O segundo filho deles, Álvaro, teve-me como padrinho, até ser levado do nosso convívio - mas não da nossa memória e vida - dia 17 deste mês. A nota redigida por Orlando ganha este espaço, como Álvaro fez por ganhar - e o logrou - no coração e na mente de quantos o conheceram. Transcrevo a nota a seguir, cheio de saudade.


Faleceu, na noite de 17/06/2021, em Hamburg, Alemanha, o Dr. Álvaro Seligmann Silva. Nascido em Belém, Pará, no dia 18 de março de 1963, Álvaro iniciou seus estudos elementares na Escola “John Fritzgerald Kennedy”, em Belém, e, ainda criança, mudou-se com sua família para São Paulo. Formou-se em Medicina pela USP de Ribeirão Preto. Fez residência médica em psiquiatria no Hospital das Clínicas de sua Universidade e na Escola Paulista de Medicina da UNIFESP, em São Paulo, SP, e, em seguida, conquistou o título de Doutor em Medicina na Marburg Universität, Alemanha. Veio a estabelecer-se em Hamburg, no norte da Alemanha. Nesta cidade, idealizou, organizou e, com colegas médicos, fundou a GEMEINSCHAFTSPRAXIS FÜR KINDER UND JUGENDPSYCHIATRIE UND PSYCHOTHERAPIE, uma clínica para tratamento psiquiátrico de crianças e adolescentes, da qual era diretor e médico. O Dr. Álvaro Seligmann Silva e sua clínica conquistaram renome e prestígio nos meios médicos alemães. Tinha numerosa clientela, em meio a qual, muitos imigrantes e refugiados. O Dr. Álvaro dominava cinco idiomas, e instrumentalizava seus conhecimentos linguísticos na prática da clínica. Era filho dos professores universitários Orlando Sampaio Silva e Edith Seligmann Silva, e deixa sua esposa, Andrea (arquiteta), e seus filho/as Anna (psicóloga), Thiago (médico) e Elisa (cirurgiã dentista) e seus irmãos/ãs José Jorge, Márcio, Rosana e Andréa.


Os familiares de Álvaro residentes em Belém encomendaram e participarão de missa em sua memória, nesta quarta-feira, na Basílica de Nazaré. Será ministrada às 18:00.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O prato e o cuspe

Até certo ponto, surpreendi-me com a votação do atual Presidente da República, na eleição de 2018. Logo eu, que pensava não ter mais idade para ser pego de surpresa! Afinal, quase 60 milhões de votos

Nüremberg não pode ser esquecido

Os desafios lançados pelo Presidente da República às instituições não são recentes, como se sabe. Quando ele desejou explodir a usina de abastecimento de água da cidade do Rio de Janeiro, manobras de

O futuro que chega logo

Mais uma vez, a Argentina sai na frente, em relação a nós. Faz dias, parte da população argentina foi às ruas, manifestar-se contra a apropriação, por parte de grupos privados, da água que abastece as