Dia-pós-dia


Nada melhor que um dia atrás do outro, diziam os antigos. Com uma noite no meio, acrescentavam outros. Isso constituía advertência para prevenir a pressa no julgamento da conduta de terceiros. Por isso, e por enquanto, não participo do mesmo tímido otimismo dos que apostam na renovação da Câmara Municipal de Manaus. Substituir mais de 50% dos vereadores não diz nada. O que os novos representantes dirão e farão é o que interessa.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O coringa desastrado (?)

Migrante ministerial, o réu confesso Ônix Lorenzoni troca de pasta como quem troca de roupa. Perece certo ministro da ditadura, pau para toda obra. Com uma vantagem sobre o pretenso candidato ao gover

Sem Roma, nem Romano

Perde o Brasil um dos seus intelectuais mais lúcidos, com a morte do filósofo Roberto Romano. Professor da UNICAMP, Romano deixa a memória de um cidadão preocupado com a ética necessária às relações h