top of page

Diálogo quase impossível

Perguntam-se os brasileiros: quando duas pessoas não entendem uma a língua da outra, qual a melhor maneira de mantê-las em animada conversa? Respondem-me alguns: utilizando uma terceira língua, que lhes seja comum. Quando, porém, um dos interlocutores é monoglota, mal dando conta de expressar-se na língua oficial de seu país - o que fazer? Responde-me uma terceira pessoa: quem sabe utilizando a línguagem de sinais. Resta-se ter devidamente esclarecido se - e qual a outra língua - a libras é universal. Ao que penso, não é! Budapeste terá sido o cenário do surreal encontro.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não fazem falta

Há indivíduos que, ausentes, fazem enorme favor aos outros. Cafu e Ronaldinho Gaúcho organizam um jogo entre veteranos, cuja renda se destinará às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Enquanto

O medo da urna

A credibilidade do governador Eduardo Leite afundou de vez nas águas do Guaíba e outros rios. Quando todas as cidades atingidas pelas enchentes baixarem, restará na lama o prestígio do governante. Alé

Provas provadas

A Revista de Saúde Pública, do Instituto Sérgio Arouca, tirou as dúvidas. Nós municípios em que o ex-capitão excluído das forças armadas e tornado inelegível venceu as eleições de 2022, o índice de mo

Comments


bottom of page