Da metrópole

Rindo e chorando, chorando e rindo - vai-se vivendo. Ainda nem saiu da memória a cena ocorrida em cidade dos Estados Unidos da América do Norte, cena semelhante, apenas adaptada ao calor tropical, consuma-se em Porto Alegre. O céu é outro, a temperatura também. Protagonistas e vítima, porém, se equivalem: agentes de segurança no papel principal ; um negro, premido por asfixiante joelho, no outro. Lá, se chama racismo, aqui, ação de um imbecil. No dizer de uma pessoa de cor igual à de João Alberto Silveira Freitas - esse o nome da vítima brasileira. Diziam os romanos estar no nome o destino. Não será tão fortuito o nome do Presidente da Fundação Palmares. Como não o é o exemplo seguido da metrópole.

4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Ressaca eleitoral

O pós-eleição põe a mente dos observadores a ferver. Tanto os que viram confirmadas suas nem sempre fundadas previsões, quanto os profetas dos fatos consumados. A grande maioria, apostando em que a má

Encontro de Artes

Organizado pelo arte-educador e ator Iram Lamego, a Casa de Teatro Taua-caá e a Associação de Teatro da Periferia realizarão o 5° Encontro de Artes. Programação que inclui artes visuais, teatro, dança

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.