Cumprimento de promessa

No caso da contratação de militares para fazer andar a fila do INSS, não há contradição entre o Bolsonaro de ontem e o de hoje. O candidato feito Presidente sempre anunciou seu propósito de encher de militares toda a administração pública brasileira. É o que está fazendo. Só não se pode atribuir coerência a ele porque outros fatos, em muitas outras áreas, primam pelo desmentido em relação ao prometido.

0 visualização

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.