Credor e devedor

Lembrei-me, esta tarde, de parábola que um amigo um dia me contou. O psiquiatra perguntou ao seu cliente: se te fosse dado o direito de matar, impunemente, o teu credor ou o teu devedor, matarias qual? Rapidamente o cliente respondeu: o credor, ora! Por que?

De novo, com a resposta engatilhada: de um eu posso cobrar, pelo outro posso ser cobrado. Pois é...

0 visualização

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.