Convivência

O sinistro da Educação, Abraham Weintraub certamente diria tratar-se de assunto para Kafta tratar: a designação de uma desembargadora presa preventivamente para presidir sessões do Tribunal de Justiça da Bahia. O ato, segundo o titular da Presidência do TJ-BA, justifica-se por dispositivos do Regimento Interno do órgão. Raposas e galinhas têm sua convivência comprovada também no Judiciário. É uma balbúrdia, diria imprecionado, o auxiliar do Presidente.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo