Contraproducente

Quem deseje ler e busca sugestões na internet, por favor, fuja o mais rápido que puder de um vídeo chamado Lendo Junto. Só assim escapará ao palavrório e ao apedrejamento de uma comentarista que pretexta fazer a resenha do livro O Pêndulo de Foucault, de Umberto Eco. Gabriela Pedrão, este o nome da palavrosa inimiga do estilo e da literatura. Nada além disso se pode concluir, das palavras que ela diz por 14 minutos e 6 segundos, em relação à obra. Uma delas: muitos trechos podem ser ignorados, porque se trata apenas de informações sem importância, apenas para lustrar o estilo do autor. É preciso mais? Ainda bem que o título emprestado ao seu blá-blá-blá é justo: É o último, juro!

Ainda bem.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Amazônia sendo devastada, o Presidente vendendo gato por lebre no exterior e o vice-Presidente, investido das funções de xerife da Amazônia, só agora soube da devastação. Do círculo de ferro das fak

Segue em marcha batida o processo que tentará impedir a participação do Presidente e excluir o até agora imbatível ex-Presidente Lula das eleições de 2022. Os media já noticiam o interesse do centrão

Sinto envelhecer, quando: o casamento, no passado formador de famílias, passou a ser um organizador de quadrilhas; o desvio de dinheiro púbico era chamado desfalque, não comissionamento; o patriota e