Conto sempre contado

Era o século passado, anos 1920. O jornalista Paulo Barreto, que também assinava João do Rio publicava o conto O Homem da cabeça de papelão. Com um subtítulo: velho conto.

Quem deseja conhecer certos costumes e condutas que vêm de lá pode lê-lo, em João do Rio, coleção Nossos Clássicos, editado pela Agir, Rio, 2005). O autor da coletânea é Renato Cordeiro Gomes, que inseriu o conto na páginas 233-239.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

VIVA A BARBÁRIE

Bernardo Carvalho, FSP- 14-06-2021 Numa entrevista recente ao jornal Libération, em resposta a uma pergunta sobre o confinamento na pandemia, o lendário diretor de teatro inglês Peter Brook, 95, relem

Frases 129

A mentalidade anarquista do Presidente age para destruir e desmoralizar as instituições. Dita pelo General Luís Carlos Santos Cruz, ex-Secretário de Governo da Presidência da República. Integrante do