Constituição e vazamentos

A torcida raramente pensa com alguma racionalidade. Ela prefere, sempre, ganhar, mesmo se o gol é feito com a mão. Por isso, ferir a Constituição em proveito próprio é tolerado, estimulado e executado. É bem o caso da prisão sem coisa tramitada em julgado e do vazamento seletivo. Vale para o que dele se beneficie; é condenável, se beneficia o outro lado. Repete nota que postei faz dias: os que praticam crimes de que não gosto, melhor seria estarem (ou serem, não é?) mortos. E viva os bandidos com os quais simpatizo!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Reserva

Têm razão a curiosidade dos leitores e visitantes que me indagam sobre a participação dos Hospitais públicos Adriano Jorge e os mantidos pelo Exército, Marinha e Aeronáutica em Manaus, no atendimento

A vida - dos outros

Quando há supostos cultores da Ciência que tentam desmoraliza-la, o que esperar, em defesa da vida? Pior, ainda, quando fingem ignorar (na melhor das hipóteses) evidências científicas, trocando-as por

Más lembranças

Há palavras capazes de suscitar nos que as ouvem sentimentos nem sempre agradáveis. Uma destas é LEGADO. Dele, dizia-se, seriam beneficiados todos os amazonenses, quando passasse a Copa do Mundo de 20

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.