Cidadania precificada

Vejo com suspeita a defesa do voto facultativo, insinuado por ninguém menos que o Presidente do Superior Tribunal Eleitoral. Em entrevista de autoelogio do Ministro Luís Roberto Barroso percebi certo tiro de largada de corrida que pode nos entregar definitiva e legalmente aos investidores eleitorais. A leniência com que são tratados os financiadores privados de campanhas eleitorais parece não bastar. É preciso, portanto, deixar que tudo se resolva no balcão. A cidadania vendida a preço módico. Já é assim, poderá ficar pior...

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

95 anos de Thiago de Mello

O editor participa das homenagens ao poeta da claridade, que mais canta, quanto mais escuro está. O poema-homenagem pode ser lido nestas páginas (Nauta, vídeos) ou em videocultura.manaus.am.gov.br Nes

Paiol de beleza

Passa a integrar a tripulação desta nau, para enriquecê-la, o poeta Zé Maria Pinto. Bem-vindo, o autor de Fragmentos de silêncio, A história como metáfora e outros ensaios de amor e Teatro e resistênc

Nova colaboradora

Nicole Bomfim Seráfico de Assis Carvalho é uma jovem estudante, apreciadora da natureza e das imagens que ela oferece. Por isso, decidiu oferecer oi registro fotográfico do que seus olhos veem. Dela é

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.