Caminhos difíceis

Desde o XX Congresso do Partido Comunista da União Soviética, as atrocidades praticadas por Joseph Stalin foram denunciadas e os comunistas se viram forçados a proscrever seu ex-líder. Não obstante, a marcha generalizada para a barbárie traz o georgiano de volta ao cenário. Não no que restou da URSS, mas nestes pagos tão distantes de lá. Como se o muro de Berlim permanecesse intacto, as repúblicas continuassem unidas e se tivessem ampliado as conquistas dos primeiros anos do socialismo. Assim, fica difícil encontrar caminhos, a despeito da perversidade do que conhecemos.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Dom Sérgio

Pesar é o sentimento que cerca a perda do arcebispo Emérito de Manaus, dom Sérgio Eduardo Castriani. Engajado nas melhores causas da sociedade, o sacerdote destacava ser a chegada ao céu o prêmio por

Poeta e o futuro

Nosso tripulante, antropólogo, professor e poeta ORLANDO SAMPAIO SILVA comparece com três textos, na Antologia Ferrari. Desta vez, para tratar do que o futuro nos reserva, neste 2021 - um ano de esper

Relógio e tempo

Hoje, novo poema é postado em PanPoética Demia. Desta vez, ilustrado. Passe por lá, de preferência vacinado e/ou seguindo todas as recomendações da Ciência e dos que a produzem ou respeitam.

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.