Cabeça e intestino

É frequente as pessoas que não passam fome serem chamadas de esquerda caviar, sempre que defendem maior distribuição de renda e acesso aos direitos pelos que vivem do trabalho. Na falta de argumentos honestos, seus detratores tentam confundir cabeça com intestino. Os que usam a primeira não veem mal em desejar que os outros desfrutem das mesmas oportunidades e confortos de que eles mesmos desfrutam. Os outros, pensando com o outro órgão não podem produzir mais que o que cabe ao intestino produzir. Quem ler texto publicado hoje na FSP, do professor Jorge Coli (UNICAMP), saberá mais do assunto.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Amazônia sendo devastada, o Presidente vendendo gato por lebre no exterior e o vice-Presidente, investido das funções de xerife da Amazônia, só agora soube da devastação. Do círculo de ferro das fak

Segue em marcha batida o processo que tentará impedir a participação do Presidente e excluir o até agora imbatível ex-Presidente Lula das eleições de 2022. Os media já noticiam o interesse do centrão

Sinto envelhecer, quando: o casamento, no passado formador de famílias, passou a ser um organizador de quadrilhas; o desvio de dinheiro púbico era chamado desfalque, não comissionamento; o patriota e