Céu de brigadeiro

A esta altura da crise, ganham os que vivem mais próximos da Lua. Porque é de suas cabeças que saem as decisões, tanto quanto dela se aproximam, em céu de brigadeiro, as companhias aéreas. As mesmas que se preparam para cobrar o as respirado em suas nem sempre confortáveis aeronaves. A viúva, como se dizia, pagará a conta. Trocando em miúdos e usando linguagem de dia-de-semana, como dizia Guimarães Rosa: o contribuinte que paga impostos. Mesmo que não sejam todos, nem os mais ricos os que o fazem.

1 visualização

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.