Bola da vez

A BR-319 é a bola da vez. A promessa de reconstruí-la, feita pelo Presidente Jair Bolsonaro teve o destino de tantas outras promessas. A esperança - e somente ela - é ter dinheiro apenas em 2022. Das duas, uma: ou naquele ano as obras serão novamente adiadas, ou haverá dinheiro farto. As eleições estarão à porta. Como se sabe, eleições giram as máquinas da Casa da Moeda. Mesmo quando ela funciona fora do País. Como agora. E um novo candidato se inscreve no concurso Troféu Estocolmo: o Ministro Tarcísio Gomes, da Infraestrutura. O título de cidadão do Amazonas fica mais perto.

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Dinheiro enfezado

Cenhos cerrados, aparência indignada são expedientes conhecidos. Nem mesmo a cueca substituindo as pochetes e capangas (lembram-se delas?) é inédita. Mas criatividade não falta aos nossos políticos. P

Perverso roteiro

Promessas vãs. Indignação tradutora de hipocrisia. Aposta na ignorância do eleitor. Simulação de estar chegando agora. Chororô. Inoperância atribuída aos poucos recursos disponíveis. Mais do mesmo, às

Lições da vida

Desigualdade, taxação de grandes fortunas, inflação parecem palavras canceladas dos dicionários. Os especialistas e os curiosos – esses, então...! – raramente as mencionam em suas lições de rastejante

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.