Boiada folclórica


Quanto mais cresce o rebanho, mais seus proprietários perdem a noção das coisas. E do Mundo. A deputada Teresa Cristina, que em alguns momentos parecia destoar do lamentável Ministério de Jair Bolsonaro, não precisou mais que de uma entrevista no programa Roda-Viva, da Tevê Cultura, para mostrar porque ocupa o posto na Agricultura. No final, ganhou uma vaga na galeria dos folclóricos. Além de acrescentar uma nova figura aos bois-bumbás e bumba-meu-boi – o boi-bombeiro. A bancada planaltina dos folclóricos se enriquece. Resta saber se, nela, Damares cederá o lugar.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O assediador Pedro Guimarães, digno representante das forças que se instalaram no poder, depois do golpe contra Dilma Rousseff, não deixou por menos. Mesmo que, para obter benefício ilegal e imoral,

Calou mal e pode ser um sinal de alerta a leitura do pedido de criação da CPI do MEC , no Senado. Presidente da Casa, o governists Rodrigo Pacheco anunciou o resultado de sua influência no processo:

Visitante habitual desta nau está intrigado sobre o noticiário da varíola do macaco. Argumenta ele que no Brasil há numerosas espécies desses animais, nem todas existentes em outras regiões do Mundo.