Atualidades


Quebrados os pés

do meu verso

ainda há tanto

a caminhar

e porquê


Se o destino parece

incerto

carece perseverar

moinhos agora são

diferentes

outras as razões

a luta

se faz mais urgente


Tempos sombrios

nuvens pesadas

trágicos tempos

sonhos perversos

homens sem brios

trovões mais que

boas águas

dos rios

tempestade tocada a fogo

violência trazendo

mágoas

vontade acossada

pela anemia

pela anomia

a empreitada


Na resistência

há heresia

para que tudo

não acabe

em nada

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quantos 100 cabem em 670 mil? será sempre preciso fazer contas em contagens e vantagens conferidas se de morte se trata ou de poemas quantos darão conta dessas vidas? Quais os que viram sorrateiro e z

Da morte e dos seus tipos As cargas são diferentes talvez Caronte não o saiba nem saber lhe interessa não faltarão valquírias sedutoras à satisfação do Cérbero faminto Jet-sky não transporta cadáveres

Permanecem no ar ruídos e sentimentos deixados na cara de um negro sobre tapetes vermelhos tingidos da cor por pouco não liberada de um rosto agredido uma piada mal posta sendo a luva que armou a mão