Arquivo morto


Aurélio Corrêa do Carmo, que governou o Pará (1961/1964), morreu ontem. A covid-19 não foi a causa. Feito desembargador após a redemocratização, Aurélio fora deposto pelo golpe, para o Coronel Jarbas Passarinho satisfazer sua sede de poder. Se não tivesse hesitado e deixado de resistir, não entraria na História apenas como vítima. Tinha muito o que contar sobre aqueles nefastos dias.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Amazônia sendo devastada, o Presidente vendendo gato por lebre no exterior e o vice-Presidente, investido das funções de xerife da Amazônia, só agora soube da devastação. Do círculo de ferro das fak

Segue em marcha batida o processo que tentará impedir a participação do Presidente e excluir o até agora imbatível ex-Presidente Lula das eleições de 2022. Os media já noticiam o interesse do centrão

Sinto envelhecer, quando: o casamento, no passado formador de famílias, passou a ser um organizador de quadrilhas; o desvio de dinheiro púbico era chamado desfalque, não comissionamento; o patriota e