Araque temporário

Das mais aguerridas e destacadas seguidoras do Presidente da República, a deputada Joice Hasselman ganha destaque agora por motivos absolutamente opostos aos que a animavam até recentemente. Testemunha presencial das práticas que agora condena, é grande a probabilidade de ter pertencido à grei de mágicos, feiticeiros e sacerdotes produtora do veneno que lhe é servido. Importa-me pouco se ela foi vítima de um atentado ou se tudo não passa de falsa imputação. Sobre isso devem falar as autoridades policiais, por várias razões. Estas, porém, foram postas sob suspeita pela própria parlamentar. Se Joyce tem razão ou não, caberá ao Poder Judiciário dizer. Vale a pena destacar, então, o fato de que a ex-liderada do ex-capitão joga com a hipótese de ter sofrido um atentado. Não se há de negar atenção, porém, às reservas com que as alegações da deputada foram recebidas pelos círculos ligados ao Presidente. Boas ou más, seus antigos companheiros devem ter suas razões. Tanto quanto ela detém informações relevantes sobre bastidores ainda não escrutinados, não está vazio o depósito em que se registrou sua participação no grupo que chegou ao poder. Imagine-se a intenção das autoridades competentes, em deixar suficientemente claro o episódio de Juiz de Fora! Disso ela insinuou ter conhecimento mais que suficiente para o Ministério Público ser acionado. Nem todo tempo tudo é de araque. Sempre haverá o dia em que a casa cai.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Biblioteca Nacional homenageou a violência e reverenciou a barbárie, ao conceder a medalha da ordem do mérito do livro ao deputado condenado pelo STF Daniel da Silveira. Tanto quanto se sabe, e a co

Interessados em cinema, como produtores e diretores mais que espectadores, não terão muita dificuldade, se quiserem lançar filme de violência, mesmo se um bang-bang nos moldes tradicionais. Pelo menos

O qualificativo inscrito no título dá o tamanho da bossalidade que tomou conta do País, sem fazer economia. Tudo feito segundo o modelo de caixa em que se enrolam e embrulham os mais representativos a