Aprendeu a contar

Delfim Netto, bom executivo na ditadura, só agora acertou as contas. Em recente declaração, o ex-Ministro da Fazenda e da Agricultura no período 1964-1985 descobriu que menos de 40% dos eleitores brasileiros elegeram Jair Bolsonaro. O contador paulista aprendeu muita coisa depois que desocupou os gabinetes poderosos em que um dia foi instalado. Nada diferente da maioria dos ocupantes de altas posições quando deixam os postos na hierarquia estatal: tornam-se sábios e têm solução para todos os problemas que não resolveram enquanto detinham poder.

5 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Sem mato e sem cachorro

Cassar sempre será mais fácil que caçar. Nesta, precisa-se ter cachorro (à falta dele, gato serve). Na outra, o verbo substitui com vantagem o substantivo: matar é diferente de manter a mata. O cão ne

Triste destino

Se não podes contra o poderoso alia-te a ele. Esse o roteiro seguido pelo ex-senhor da Lava Jato, desmoronado muito antes do que imaginaria a mais criativa mente. Não dando certo a fundação urdida com

Pandemia e endemia

Faz poucos dias, adverti para os resultados então incertos do segundo turno. Considerava àquela altura sem fundamento o triunfalismo de qualquer das forças em disputa. Também buscava conter a tendênci

Arquitetado e Produzido por WebDesk. Para mais informações acesse: wbdsk.com

Todos os Direitos Reservados | Propriedade Intelectual de José Seráfico.