Ah, se não fôssemos frustrados!...

A vacina russa iniciará a fase 3 dos testes da vacina que pretende lançar, nos próximos meses. Inicialmente levado à conta de fake-news, o projeto de incluir-se dentre as iniciativas em execução em outros países agora passa a ser tratado de outra forma. A reação raivosa e despeitada, presa a interesses ideológicos (e econômicos, obviamente) foi substituída pela grande imprensa e dirigentes de outros países, mesmo concorrentes. Acostumados às bravatas, grosserias e ameaças de Donald Trump, os media ocidentais tentaram levar ao ridículo a vacina russa, desde o nome dado a ela pelo governo Putin. O que revelou ainda permanecer como um corpo estranho incrustado na mente dos adversários do que se pensou ter sido um regime socialista a turnê de Yuri Gagarin pelo espaço. Ao invés de alardear o que vinham fazendo os cientistas russos, o governo daquele país preferiu a discrição. Experimentado membro da KGB, Putin manteve em silêncio (como seus subordinados fariam diferente?) a busca da vacina. Agora, os círculos científicos internacionais esforçam-se por acompanhar a execução do projeto, que se sabe prestes a testar 40 mil voluntários e chegar à produção da vacina ainda este ano. Pelo menos, é isso o que prometem os cientistas e pesquisadores da Rússia. Ah, se seus antecessores tivessem logrado implantar o socialismo digno deste nome!...

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

De inoportuno a necessário

A polarização política chegou a um tal ponto que se torna difícil imagina-la desaparecer tão facilmente. É justo reconhecer que muito dela é devido ao estilo do atual Presidente da República, apostado

Na linha de tiro

Cresce a literatura sobre o infausto período histórico de que somos protagonistas e pacientes. Têm-se posto em questão fenômenos relacionados sobretudo à fragilização da democracia. Pouco a pouco, sen

Menu da babugem ou da xepa

Confesso minha dificuldade em atribuir algum adjetivo suficientemente justo para qualificar o desqualificado sinistro da Economia. Ele não é o único nesse governo a reunir desqualidades tão agressivas