top of page

Ah, memória!...

Os depoimentos prestados ou não à PF, ontem, lembraram-me fato de que tomei conhecimento, acontecido nos anos 1950, em Manaus. Servidor humilde do DER-AM anualmente ajudava o governador do Estado, na entrega de presentes às crianças amazonenses. Passadas as festas, foi denunciado o desvio de brinquedos, que as autoridades trataram de apurar. Os colegas do servidor, por brincadeira, disseram-no envolvido no desvio. À contestação dele, honesto como era, informaram-no de que havia foto dele com os brinquedos desaparecidos. Ao que ele respondeu, indignado: só se foi na minha ausência.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Saudável troca - livros

Para quem gosta de ler e de estimular a leitura, participação no interessante projeto de troca de livros é boa pedida. Nos links abaixo podem ser obtidas mais e melhores informações sobre a meritória

Viva em demasia

Uma mulher levou um morto a uma agência bancária. Apoiando a cabeça de um homem de quem se dizia sobrinha, a mulher pretendia concluir empréstimo já autorizado, de que o morto seria beneficiário. As t

Commentaires


bottom of page