Agenciador não é agência

Criadas sob o pretexto de impor respeito aos direitos do consumidor e usuário, as tais agências ditas reguladoras travestem-se de agenciadores de bons negócios. Bons, entenda-se, para as concessionárias, quase nunca para os que elas deveriam defender. Num dia, descobrem-se as fraudes cometidas pelas fornecedoras de energia; no outro, das que exploram (o termo nunca foi tão bem usado!) os serviços de telefonia e acesso à internet e, obviamente, os que os demandam e contratam. Não há dia em que esse menosprezo pelos direitos de terceiros deixe de ter abundantes registros.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O assediador Pedro Guimarães, digno representante das forças que se instalaram no poder, depois do golpe contra Dilma Rousseff, não deixou por menos. Mesmo que, para obter benefício ilegal e imoral,

Calou mal e pode ser um sinal de alerta a leitura do pedido de criação da CPI do MEC , no Senado. Presidente da Casa, o governists Rodrigo Pacheco anunciou o resultado de sua influência no processo:

Visitante habitual desta nau está intrigado sobre o noticiário da varíola do macaco. Argumenta ele que no Brasil há numerosas espécies desses animais, nem todas existentes em outras regiões do Mundo.