AFINSOPHIA.ORG: UM ESPAÇO PRESIDIDO PELA RAZÃO PÚBLICA E PELA POTÊNCIA DA VERDADE

José Alcimar de Oliveira*

Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará (Jo 8,32). A correta exegese nos diz: quem liberta, pois, não é a verdade em si, mas o conhecimento da verdade. E na Bíblia conhecimento, mais do que um ato intelectual, significa a experiência de uma presença.


01. O Site afinsophia.org é um dos poucos espaços de comunicação que produz a alegria do encontro entre povo e filosofia, entre povo e política. A força dialógica do Site afinsophia.org vem da aposta no princípio ontológico de que a verdade é o modo de ser do real. E a essência da verdade política somente se objetiva de forma íntegra quando afirma o sentido comunal da existência. A comunicação se degenera quando dicotomiza povo e política.

02. Sem que o povo na potência de sua diversidade volte a ocupar becos, ruas e praças o parlamento continuará apartado do Brasil real e surdo à voz coletiva que se recusa a ceder o futuro à idiotia política do fisiologismo.

Sem a força do devir coletivo das massas organizadas o parlamento seguirá malversando o estatuto político da representação. O atual parlamento brasileiro é o exemplo redondo da representação falseada e da expropriação dos diretos sociais.

03. A democracia (o poder do povo) implica a relação entre Parlamento, Universidade e Povo. Alheio aos holofotes do poder sem saber e idealizador de um espaço democrático e comunicacional, o filósofo itinerante Marcos José, pensador coletivo e refratário ao prevalente elitismo acadêmico que domina o ethos universitário, presentifica no Site afinsophia.org aqueles dois princípios políticos que herdamos da Grécia Antiga: a isonomia e a isegoria.

04. A isonomia aponta para a inarredável igualdade de todos diante da lei. Sem democracia, sem que o povo seja o vetor coletivo do poder, a isonomia permanecerá formal e fraudada. Em lugar do constitucional Estado Democrático de Direitos prevalecerá, como ocorre no Brasil, o Estado Monocrático de Privilégios. No espaço comunal afinsophia.org a vida é tecida pela construção popular de afetos de solidariedade e por laços isonômicos e comunicantes.

05. A isegoria afirma o direito democrático do povo de fazer o uso político da palavra. A natureza isegórica do Site afinsophia.org se afirma por sua aposta no poder que nasce da combinação entre povo e conhecimento. Sem acesso ao conhecimento não há cidadania. O parlamento aposta no poder da ignorância, na discursividade vazia, na tagarelice boçal e bem financiada pela arrogância financeira da baixa política. Em sua itinerência democrática, o Site afinsophia.org em lugar de falar para o povo, faz sua a voz do povo.

06. O Site afinsophia.org alimenta e se alimenta da relação ontológica entre Filosofia e Democracia. O amor à sabedoria (Filosofia) encontra sua força material no poder do povo (Democracia). O poder do povo (Democracia) encontra sua força teórica no amor à sabedoria (Filosofia). O fascismo é a organização política do ódio, notadamente do ódio ao conhecimento. A democracia é a organização política dos afetos do amor e da solidariedade. Notadamente do amor ao conhecimento.

07. Para o Site afinsophia.org a verdade é arma ontológica de combate aos falseadores da história e aos destruidores da memória coletiva. A verdade é construída por braços e mentes em regime de solidariedade comunal. Não é ditada nem patrocinada pelos agentes da mitificação do real.

O grande temor da burguesia suicidária e de suas corporações mediáticas é o encontro alegre do povo com a política. Ninguém segura o povo quando se apropria da força da verdade. É esta a aposta irredenta do afinsophia.org.

__________________________________________________________________________________

*José Alcimar de Oliveira é professor do Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Amazonas, segundo vice-presidente da ADUA – Seção Sindical e filho do encontro dos rios Solimões e Jaguaribe. Em Manaus, AM, aos 08 dias de julho do ano do morticínio de 2021 e na alegria do centenário de nascimento do jovem, lúcido e combatente filósofo Edgar Morin, em 08 de julho de 1921.



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Os diferentes mundos do escritor e do leitor

Odenildo Sena* É sempre temerário dar asas a conflitos de opinião depois da leitura de um romance, de um conto ou mesmo de uma crônica. De igual modo, não deixa de ser temerário, talvez mais temerário

A SAÍDA É SEGUIR E FAZER O CAMINHO

Com justa razão o jovem missionário belga Eduardo Hoornaert, 90, que vive no Brasil desde 1958, escreveu o livro O movimento de Jesus. Se Jesus tivesse fundado alguma igreja, ela não poderia ter outro