Admirável liderança

Liderança merecedora de respeito é aquela que não foge aos debates e problemas do seu tempo. Mesmo se se trata de um líder religioso. Ou até por isso mesmo, eis que manter o rebanho de fiéis no passado corresponde a expô-los aos riscos que a ignorância acarreta. A decisão do Papa Francisco, designando seis mulheres para integrar como especialistas leigas o Conselho para Economia do Vaticano é mais um gesto a somar-se à construção de sua benemérita e benfazeja imagem. Com mais oito cardeais e bispos, os conselheiros supervisionam as estruturas e atividades administrativas e financeiras da Santa Sé.

As seis especialistas vêm de universidades especializadas em política e finanças. Duas são alemãs: Charlotte Kreuter-Kirchhof, professora de direito na Universidade Heinrich-Heine em Düsseldorf, e Marija Kolak, presidente da Associação Alemã de Bancos Populares e Cooperativas de Crédito; duas espanholas: a presidente do conselho de administração da Azora Capital e Azora Gestion, Maria Concepcion Osacar Garaicoechea, e a advogada e economista Eva Castillo Sanz; e duas britânicas, respectivamente a ex-secretária do Trabalho para a Educação, Ruth Mary Kelly, e a ex-consultora financeira do príncipe Charles, Leslie Jane Ferrar. (…).

Não se espere unânime aprovação dos correligionários de Francisco, nestes tempos em que importantes conquistas da sociedade humana vêm sofrendo vigorosa resistência. Conforta saber, entretanto, da forma serena e firme com que o Chefe da Igreja tem reagido às agressões e mentiras que pretendem fazê-lo recuar. O prestígio emprestado às mulheres, com este e com outros atos por ele praticados podem ter mais força do que certa pregação feminista equivocada, como a denunciada pela feminista Nancy Fraser, filósofa e Professora da New School University. O feminismo, quando admite integrar-se ao "empoderamento" (oh palavra abjeta!) tão proclamado, toma as mulheres como meras consumidoras, não como cidadãs. Ou seja, não se trata senão de ter mais do mesmo.



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O assediador Pedro Guimarães, digno representante das forças que se instalaram no poder, depois do golpe contra Dilma Rousseff, não deixou por menos. Mesmo que, para obter benefício ilegal e imoral,

Calou mal e pode ser um sinal de alerta a leitura do pedido de criação da CPI do MEC , no Senado. Presidente da Casa, o governists Rodrigo Pacheco anunciou o resultado de sua influência no processo:

Visitante habitual desta nau está intrigado sobre o noticiário da varíola do macaco. Argumenta ele que no Brasil há numerosas espécies desses animais, nem todas existentes em outras regiões do Mundo.