A voz de Ruy

Pouco aficionado de Ruy Barbosa, nem por isso nego precisão a algumas de suas ideias. Imagino ter-me distanciado do famoso Águia de Haia pela informação de que teria sido advogado de especuladores adversários do interesse nacional, Percival Farqhuart o mais notório deles, que acabou tendo seu nome aposto numa das chatinhas dos antigos SNAAPP- Serviços de Navegação da Amazônia e de administração do Porto do Pará. Logo ele, Ruy, o líder do movimento civilista do princípio do século XX! Dou crédito ao jurista, quando na oração aos jovens afirmou estar próximo o dia em que o cidadão teria vergonha de ser honesto. Alguns, claro, resistem e exibem sua vergonha. Outros, porém, entregam os pontos. E declaram: sou, mas quem não é?

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Sobrecarga de trabalho

Imagino a sobrecarga de trabalho a que serão submetidos os servidores do Ministério das Relações Exteriores. Mais avancem as investigações da CPI da covid-19, mais será necessário reter passaportes. N

Confusão tola

As novas tecnologias da informação que na percepção de Marshall Mac-Luhan transformaram o mundo em uma aldeia global, nem sempre têm sido vistas com a seriedade necessária. Talvez aí esteja uma das ra

Policialesco

Quem ainda tenha dúvida sobre a transformação do Estado democrático de Direito em um Estado policial, leia com atenção noticiário sobre as irregularidades atribuídas ao ex-reitor da UFSC, professor Lu