top of page

A UNE não morre!*

Um chamado aos Estudantes!


Madeira de dar em doido

Vai descer até quebrar

É a volta do cipó de arueira

No lombo de quem mandou dar

(Geraldo Vandré – Aroeira)



O Sinistro da Educação, o pastor da ignorância Milton Ribeiro, atendendo ao não menos nefasto presidente Bolsonaro, emitiu documento proibindo a exigência de comprovante de vacina por parte das Universidades e outras instituições federais.

Que esse governo seja um vetor de mortes não é novidade, surpreende, no entanto, que um órgão que deveria disseminar o saber provoque a ignorância como bem supremo.

Esse analfabeto funcional já falou muitas barbaridades e surpreende o silêncio das entidades estudantis.

Diante dessa promoção explicita da morte, é imperioso que a UNE e os principais DCEs deixem claro sua opção pela vida e repudiem firmemente, com os meios legais necessários essa absurda ação da marionete do presidente.

2022 deve ser um ano em que a barbárie precisa ser vencida se quisermos que exista um futuro para as próximas gerações. Quem quer um Brasil minimamente viável deve estar preparado para a luta com todas as armas que a legalidade nos oferece.

Que os estudantes tenham sabedoria, assim como os trabalhadores e toda a população pensante.

À luta companheiros!

__________________________________________________________________________________

*Documento divulgado hoje pela União Nacional dos Estudantes.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Orlando homenageia Herbert Baldus

Entrevista Olá Orlando. É um prazer contar, novamente, com a sua participação na Revista do Livro da Scortecci. Do que trata o seu Livro? Homenagear o antropólogo teuto-brasileiro Herbert Baldus media

🦉🦉🦉Alis grave nil

Com a morte de Ziraldo (1932-2024) o Brasil perde o traço de quem pensava com as mãos e desenhava com a leveza mental e inventiva de um menino maluquinho. Os traços libertários e inconcessivos de Zira

Comentarios


bottom of page