top of page

A sabedoria de Machado de Assis

O trecho abaixo foi retirado de ensaio da autoria de Carlos Russo Júnior (Causa Secreta), em que ele destaca a psiquê do Presidente da República, candidato à reeleição que ele prometeu extinguir. O link que dá acesso ao texto integral é https://proust.net.br/a-causa-secreta-com-que-machado-de-assis-desnuda-o-psiquismo-de-bolsonaro/ ou proust.net.br/blog


Frases de um sádico pervertido.

Apenas à guisa de exemplos citamos apenas algumas sentenças por ele proferidas ao longo daqueles meses:

“Muito do que falam é fantasia, isso não é crise”.

“O que está errado é a histeria, como se fosse o fim do mundo. Uma nação como o Brasil só estará livre quando certo número de pessoas for infectado e criar anticorpos”.

“Eu não sou médico, não sou infectologista. O que eu ouvi até o momento [é que] outras gripes mataram mais do que esta”.

“Pelo meu histórico de atleta, caso fosse contaminado pelo vírus, não precisaria me preocupar, nada sentiria ou seria acometido, quando muito, de uma gripezinha ou resfriadinho”.

“O brasileiro tem que ser estudado. Ele não pega nada. Você vê o cara pulando em esgoto […] e não acontece nada com ele. Eu acho até que muita gente já foi infectada no Brasil, há poucas semanas ou meses, e ele já tem anticorpos que ajudam a não proliferar isso daí.”

“Eu não sou coveiro, tá certo? ”

“E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre. ”

“Toma quem quiser quem não quiser, não toma. Quem é de direita toma cloroquina. Quem é de esquerda toma Tubaína. ”

“Vocês não pararam durante a pandemia. Vocês não entraram na conversinha mole de ‘fica em casa’. Isso é para os fracos. ”

“Lamento os mortos, todos nós vamos morrer um dia. Não adianta fugir disso, fugir da realidade, tem que deixar de ser um país de maricas. ” ( parafraseando Fortunato!)

“Eu não posso falar como cidadão uma coisa e como presidente outra. Mas como eu nunca fugi da verdade, eu te digo: eu não vou tomar vacina. E ponto final. ”

“Vacina toma quem quiser. Se você virar um jacaré, é problema de você. Não vou falar outro bicho aqui para não falar besteira. Se você virar o super-homem, se nascer barba em alguma mulher aí ou um homem começar a falar fino, eles não têm nada a ver com isso. ”

“A pandemia realmente está chegando ao fim. Os números têm mostrado isso aí. Estamos com uma pequena ascensão agora, o que se chama de pequeno repique; pode acontecer. Mas a pressa para a vacina não se justifica, porque você mexe com a vida das pessoas. ”

“Não é nossa obrigação antecipar problemas… não faz parte de nós entregarmos oxigênio”. ( a crise com dezenas de mortos asfixiados no Amazonas).

Bolsonaro, que utiliza a crueldade como seu meio de imposição e manutenção do poder, é movido por um impulso destrutivo, que opera dentro de sua personalidade, trazendo-lhe satisfação e prazer!

Em outubro, ninguém que mereça respeito poderá se omitir. Temos de barrá-lo!


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Orlando homenageia Herbert Baldus

Entrevista Olá Orlando. É um prazer contar, novamente, com a sua participação na Revista do Livro da Scortecci. Do que trata o seu Livro? Homenagear o antropólogo teuto-brasileiro Herbert Baldus media

🦉🦉🦉Alis grave nil

Com a morte de Ziraldo (1932-2024) o Brasil perde o traço de quem pensava com as mãos e desenhava com a leveza mental e inventiva de um menino maluquinho. Os traços libertários e inconcessivos de Zira

Comments


bottom of page